quarta-feira, 27 de julho de 2011

Essa sou eu, adormecendo com os olhos inundados de lágrimas, o coração quebrado demais pra tentar juntar, ensaiando discursos que jamais existirão.

Nenhum comentário: