quinta-feira, 6 de maio de 2010



o sangue quente, enérgico, dorido
nesse habitat intempestivo, mordaz
não faziam bem a essa moça
que naturalmente fugaz, queria ser outra
libertada, meio escrava do pecado e do perigo
alguém que foge à espreita
na busca incessável de abrigo.

Nenhum comentário: