terça-feira, 6 de abril de 2010

...

Eu queria gritar...
Por um momento achar que as pessoas deveriam enxergar o meu ponto de vista é quase tudo.
Quase tudo o que rege meus atos.
Será que é tão difícil assim ver que tem gente que não presta e gente que quer prestar?
Quem esses seres acham que são pra falar de amizade?
Quem essas pessoas acham que são pra falar de amor?
Quem diabos são toda essa gente? hein?



Mas eu, sou apenas eu.
Tão estupidamente humana e cretina quanto.

3 comentários:

Victor Manfredine disse...

Ahh, isso me acontece sempre quando não vejo alguém que gosto muito, e que gostaria muito de ver.
A garganta estranha. E daí vem um desejo doido de gritar. ;)

jefhcardoso disse...

Olá Dhe! Esta semana estou divulgando uma “nova” postagem. Trata-se de um conto; que na verdade vem a ser uma reedição de meu blog. Sua postagem original ocorreu em 13.02.09; sendo esta a minha terceira postagem no blog. Naquela ocasião este texto não recebeu nenhum comentário. O texto é “O Sr. e o Dr.”. Espero que você, tendo um tempinho, o aprecie.
Um grande abraço, minha gratidão e desejo que tenha uma ótima semana!

Jefhcardoso

Chico Mouse disse...

Lindo... e intensamente humano.