segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

blue eyes



Aquele par de olhos azuis olhavam-na ansiosos e convictos ao mesmo tempo.
Ela não podia acreditar no quão intensamente aquilo lhe afetava.
Já sentira sensação parecida, e justamente por isso,
não deixava de pensar em como lhe adormecera.
"Sentir novamente." Pensava.
Como se pode sentir outra vez, quando sequer ... ?
E parecia que ela não pertencia a esse mundo.
E continuava. Sentindo.

...

Nenhum comentário: