terça-feira, 28 de julho de 2009

meus óculos de volta...

Dor de cabeça... os queria de volta.

...

Enquanto eu tento explicar o que tá acontecendo comigo, a uma das poucas amigas que me restam, eu fico imaginando como eu tô cansada... como eu tô exausta...
Sinto o ar preso no peito, sendo jogado garganta à fora, enquanto eu fico tonta.
Essa sensação sempre me persegue, eu tento manter o controle quando isso acontece em público. Já pensou se eu desmaio?
E a sensação de ter um tambor nos ouvidos? Desnorteada.
Tudo mudou tão rápido, e eu descobri que eu não conheço nninguém de verdade.
A minha mãe sempre diz: "A gente só tem que querer, quem quer a gente."
E sinceramente, eu acho que ela tem toda a razão.
Aliás, minha mãe.. Um brinde à minha mãe...
Que pelo menos um pouquinho dessa sabedoria passe pra mim, através do tempo. (duvido)
Agora eu passo o meu tempo, esperando o tempo passar...

Nenhum comentário: