domingo, 21 de junho de 2009

inferno. ²

A necessidade de expressar o que se passa, já não me visita com a frequência de antes.
...
Mentira! A intensidade sempre se mostrou, nua e crua.
Não me cobre sentidos, não me cobre razão, isso nunca foi mesmo meu forte.
Não me reconheço.
Um dia, será?



me perdi.

Nenhum comentário: