terça-feira, 9 de junho de 2009

é tudo o que eu sei.

É tudo que eu sei,
É o que me resta agora.
É tudo que eu sei,
Da dor que me devora
E tudo que eu sei,
É que eu não saio do lugar...

Enquanto a chuva cai lá fora,
Vejo um barco de papel se despedaçar.
Toda tristeza se transforma
Em alguma boa história de se contar.

Nenhum comentário: