terça-feira, 21 de abril de 2009

um lindo descaminho.

Hoje foi tão difícil acordar...
Por hoje, eu poderia passar o resto da minha vida deitada, 'dormindo'.
Mas quando não se pode fugir daquilo que te tira o chão?
Que te atormenta o pensamento?
O que se deve fazer?
Eu queria que a complexidade do que eu sinto, se misturasse com as minhas dúvidas diárias.
Acho que assim, as coisas seriam mais fáceis.
Mas quando as suas apreensões não se confundem com o que você sente?
O que se deve fazer?
Da única coisa que tenho certeza, eu não queria estar certa.
Eu queria estar violentamente enganada, entorpecida.
Mas não.
Por alguma ironia muito escrota, eu ainda estou aqui, sentindo...




"Este mesmo tempo que na ausência cura
Também cega por costume
E quem se acostuma
Sempre sem querer, sem culpa,
Um dia se trai"




Hoje foi tão difícil acordar...

Um comentário:

Tifany Dimytria. disse...

as vezes a vida prega peças na gente [clichê 464]
mais eu sei o quanto você é forte.
e independente da situação.
eu vou estar aqui.