segunda-feira, 23 de março de 2009

??


"E se o desejo é uma desordem
um "mãos ao alto, fique onde está!"
sem alarde me recolho,
escolho me calar.

E nada vai desmerecer tudo que ainda somos
toda certeza que supomos
mas a vida lá fora,
tá chamando agora
e não demora!

Quem dá mais?
Na falta que a falta faz.
Outra vez, meus olhos devem me denunciar.
Como não reparo no que me atrasa?"

Nenhum comentário: