terça-feira, 4 de novembro de 2008

Depois de ter você...

Depois de ter você,
Pra quê querer saber que horas são?
Se é noite ou faz calor?
Se estamos no verão?
Se o sol virá ou não?
Ou pra quê é que serve uma canção como essa?

Depois de ter você,
Poetas para quê? Os deuses? As dúvidas?
Pra quê amendoeiras pelas ruas?
Para quê servem as ruas?
Depois de ter você...

Por Adriana Calcanhoto.



^^

De que me serve a liberdade, se eu não quero me ver livre de você?














Dheyva Blanmy.

6 comentários:

Srta Oliveira disse...

É por isso que tem aquela frase: "A liberdade está dentro de nós"... Mas, as vezes, é melhor se prender a algo ou alguém, do que ser livre... Pra que ser livre, quando queremos amar??

Victor Manfredine disse...

amar é sinônimo de ficar
preso a algo ou alguém?
sinceramente acho que não.
aí vai de cada um.
se for pra ficar preso,
prefiro continuar sozinho
na liberdade dos meus pensamentos..
e quem disse que isso é ruim?

Srta Oliveira disse...

huahauhau' O que eu quis dizer (acho que não me expressei bem) é que nem sempre nós queremos ser livres por completo... é bom ter algo a se apegar... no sentido bom da coisa... mas como um alicerce, compreende?
Quanto a amar cada pessoa sabe o que isso significa a ela mesma... Porque o amor se manisfesta de várias formas, cabe-nos decidir o qual é a forma que nos completa, que nos torna mais felizes, até porque a idéia é exatamente essa: encontrar a felicidade...
:D

Victor Manfredine disse...

ah sim!
=D
encontrar a felicidade..
e nada mais*

Dhee. disse...

Vcs são tão bonitinhos...
hauhaauhauhauha

=]]]

Srta Oliveira disse...

São seus olhos, Dheyva...
=*